As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rivais parecem ter medo de brigar com o Corinthians

Líder do Brasileiro cansa de dar brecha aos seus perseguidores, mas estes insistem em pipocar

Almir Leite

17 Outubro 2017 | 10h58

O post anterior comentava que o Corinthians, definido como bom samaritano, havia reaberto a luta pelo título brasileiro. Lembrava, também, que o problema era os adversários insistirem em não aproveitar as chances dadas. Horas depois, foi o que aconteceu. Mais uma vez.

A pipocada da vez, a mais recente, foi do Santos. Com um futebol digno que equipes que brigam contra o rebaixamento, apenas empatou em casa com um Vitória que merecia vencer até com certa folga, tal a superioridade em campo.

O Santos, que já havia se complicado na partida anterior contra a Ponte Preta, parece mesmo que não quer – ou não tem capacidade para – tentar alcançar o Corinthians.

Resta o Grêmio, pelo confronto direto que fará na próxima rodada.  O problema é que o Grêmio faz campanha pior que o Corinthians no returno.

Já é difícil o Alvinegro, por pior que esteja, perder a taça. E os rivais não incomodam. A Fiel asgradece!