Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Palmeiras volta sem taça e com lições

Futebol

0

Antero Greco

24 Janeiro 2016 | 02h13

Fernando Prass fez a parte dele, de novo: pegou dois pênaltis e converteu um. Mas três companheiros erraram. Por isso, o Palmeiras volta do Uruguai sem a taça que disputou, neste sábado, com o Nacional. Depois de empate por 0 a 0 no tempo normal, a derrota por 4 a 3.

O troféu não está na bagagem da delegação – e, mesmo sendo torneio amistoso, sempre é gostoso ficar em primeiro lugar. No entanto, Marcelo Oliveira e rapazes voltam com lições da incursão rápida pelos campos do vizinho do sul da América.

A principal delas: concentração e pontaria, sobretudo nas cobranças de penalidades, poderão fazer a diferença na Libertadores. O aproveitamento quase impecável nesse quesito, diante do Santos, menos de dois meses atrás na final da Copa do Brasil, desta vez foi relaxado.

E definições por pênaltis são muito comuns no campeonato continental. A turma deve caprichar mais, a partir de agora, nos treinamentos. Por sorte, perdeu quando poderia.

O técnico também pôde observar a equipe em ação contra um rival certo na Libertadores: o Nacional está no mesmo Grupo 2 e topará com os palmeirenses na terceira e na quarta rodadas. Não é exuberante, tecnicamente, mas sabe distribuir-se em campo.

O Palmeiras teve dificuldade na armação e na conclusão de jogadas. Ok, necessária a ressalva de que se trata de pré-temporada e apenas o segundo jogo do ano. Muito há o que evoluir. Bom sinal: a defesa esteve menos exposta. Interrogação: a criação no meio. Vermelho: o ataque, que deve melhorar quando Lucas Barrios estiver em condições de jogo.

0 Comentarios