As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Crise no Morumbi?

Luiz Zanin Oricchio

13 Setembro 2006 | 10h18

Chego de viagem e encontro o tricolor em crise. Seria o São Paulo a bola da vez? Tudo isso por causa do empate com o Corinthians. Mas desde quando empate em um clássico é motivo para crise? Certo, houve condições excepcionais nesse jogo, o Timão com dois jogadores a menos, etc. Mas não se falaria em crise se o São Paulo tivesse ganhado a Libertadores e estivesse jogando o mesmo futebol que o levou a ser favorito absoluto dos comentaristas para ganhar o Campeonato Brasileiro deste ano. Escrevi, certa vez, que o São Paulo era, dos brasileiros, o clube que melhor havia se adaptado à selvageria de mercado do futebol globalizado. Mas nem ele, com todo o seu “profissionalismo”, é capaz de segurar jogadores fundamentais como Lugano e, de certa forma, Ricardo Oliveira, que só veio por aqui para fazer um tratamento e dar uma passeadinha. Então, a meu ver, a tal “crise” do São Paulo é apenas parte da grande crise (esta sem aspas) de estrutura do futebol brasileiro. Enquanto o nosso futebol não for repensado, da cabeça às chuteiras como diria o Nelson Rodrigues, sempre veremos vários clubes “em crise”, um após o outro. Na verdade, em crise estão todos eles. E nós, torcedores, também.