As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dinheiro de cartões vira ajuda a orfanatos

Eliana Souza

27 Setembro 2006 | 11h04

A Fifa e a organização não-governamental (ONG) SOS Aldeias Infantis anunciaram nesta quarta-feira que o projeto “Seis Aldeias para 2006”, lançado no fim de 2004, arrecadou cerca de 21 milhões de euros, a maioria do dinheiro durante a Copa do Mundo da Alemanha.

O curioso é que parte do dinheiro para o projeto beneficente, 300 mil euros, vem das multas pagas pelas seleções por causa dos cartões amarelos e vermelhos mostrados pelos árbitros durante a competição. Outras doações foram arrecadadas com a venda de um livro com os autógrafos de todos os jogadores e técnicos e os ingressos para um show musical. A campanha teve o apoio de técnicos, jogadores e ex-jogadores, como Pelé, Beckenbauer, Shevchenko, Cannavaro, Van Nistelrooy, Rooney (que foi expulso durante a Copa) e Dunga, entre outros.

O Brasil é um dos países beneficiados pelo projeto da ONG, que cuida de crianças órfãs e abandonadas e famílias carentes. Com parte do dinheiro, será construído um orfanato na cidade de Igarassu, na zona da mata de Pernambuco. Ao todo, serão 5.000 crianças e 1.000 famílias, atendidas também no México, Nigéria, África do Sul, Ucrânia e Vietnã.

Clique aqui para saber mais sobre a campanha.