Silêncio constrangedor na CBF

Arbitragem de vídeo segue sem data definida para estrear no Brasileirão

Marília Ruiz

19 Outubro 2017 | 19h33

Depois da histeria precipitada para anunciar a arbitragem de vídeo em menos de uma semana depois do gol irregular do corintiano Jô contra o Vasco (no já longíquo 23/9), a ordem na CBF é não mais marcar datas para estrear o árbitro de vídeo.

Logo depois de desistir de usá-la na 25a. rodada, a CBF havia adiado a novidade para a rodada que termina nesta quinta-feira.

A desculpa oficial é uma dificuldade burocrática para importar equipamentos eletrônicos de Portugal (tal qual estivéssemos em 1600, aparentemente eles virão de caravelas), mas ainda também não há acordo firmado com a dono dos direitos de transmissão para compartilhado de imagens. Isso sem contar o treinamento do “nosso pessoal”…