Algoz de Esquiva é campeão mundial. Revanche deve ser em 2018

Algoz de Esquiva é campeão mundial. Revanche deve ser em 2018

Wilson Baldini Jr.

22 Outubro 2017 | 10h48

 

O Brasil vai disputar mais um título mundial. E deverá ser no primeiro semestre de 2018. O japonês Ryota Murata ganhou o título mundial dos médios, versão Associação Mundial de Boxe, ao nocautear o camaronês Hassan N’Dam, no sétimo round, no Japão.

Segundo Sergio Batarelli, conselheiro de Esquiva, a primeira defesa de cinturão de Murata vai ser no Japão, diante do brasileiro. Os dois se conhecem há muito tempo. Murata venceu Esquiva na semifinal do Mundial amador de 2011 e na decisão da medalha de ouro em Londres-2012.

Esquiva luta dia 3 de novembro, na Flórida, com a obrigação de derrotar o espanhol Miguel Fandino, que possui cartel muito modesto, com 11 vitórias e três derrotas. O brasileiro está invicto, com 18 triunfos.

Murata lutou a segunda vez com Hassan N’Dam. Na primeira, em maio, também no Japão, o africano ficou com o cinturão em decisão contestada. A Associação Mundial de Boxe analisou o combate e decidiu por um segundo duelo.