Amistosos em Taubaté não servem como parâmetro. Nem aqui, nem na China.

Amistosos em Taubaté não servem como parâmetro. Nem aqui, nem na China.

Bruno Voloch

17 Maio 2018 | 23h07

Impossível tirar qualquer conclusão dos amistosos que a seleção brasileira realizou contra a China.

2 jogos e duas vitórias tranquilas. A segunda então, um passeio.

O que isso quer dizer?

Nada.

Nada porque simplesmente a China não serve como parâmetro para o que o BRASIL encontrará na Liga das Nações.

O mais interessante foi ver Thiaguinho e Alan em quadra. Tomara que a nova geração tenha oportunidade de ser testada na competição.