Injustiça com Marcelo Mendez que esperou sentado convite da CBV

Injustiça com Marcelo Mendez que esperou sentado convite da CBV

Bruno Voloch

11 Janeiro 2017 | 18h09

Dá para imaginar a sensação de frustração de Marcelo Mendez após a CBV acabar com o teatro e anunciar oficialmente Renan Dal Zotto como novo técnico da seleção.

Marcelo era unanimidade. Acontece que não faz parte da panela e sendo assim foi preterido pela CBV.

Simples como 2 e 2 são 4. O resto é balela.

622_974bbfc6-7e84-3154-a2b2-e22c20deb67a


O caminho de Marcelo é seguir trabalhando. Continuar ganhando e conquistando tudo que vier pela frente.

Não tem essa de ficar arrependido de não ter aceitado o convite para dirigir a Polônia na esperança de ser chamado para a seleção brasileira.

Marcelo simplesmente se iludiu. Só que não tem culpa.

A cúpula da CBV erra duas vezes. Primeiro em aceitar as condições impostas por Bernardinho, ainda de frente mesmo que de fora. Segundo em não convidar Marcelo Mendez, sucessor natural.

O Cruzeiro agradece e Marcelo continua com a consciência tranquila.

Enquanto isso na CBV tem muita gente que não poderá colocar a cabeça no travesseiro durante o próximo ciclo olímpico.

0 Comentários