Minas agradece Praia, tira onda e quebra jejum de 14 anos.

Minas agradece Praia, tira onda e quebra jejum de 14 anos.

Bruno Voloch

06 Outubro 2017 | 23h44

Quanto maior o investimento, maior a decepção. E a Superliga nem começou.

Essa temporada promete acabar com a paciência do torcedor de Uberlândia mais cedo do que de costume. O Praia se superou e conseguiu perder o campeonato mineiro para o Minas.

Dentro de casa e com ginásio cheio, o time decepcionou e caiu novamente. Agora por 3 a 0. A segunda derrota em menos de uma semana tirou o arqui-rival da fila.

Desde 2003 o Minas não conquistava o título estadual.

E foi fácil.

Exceção feita ao início do jogo, quando chegou a estar perdendo por 6 a 0, o Minas não foi ameaçado. Depois que virou o set, não perdeu mais o controle da partida.

Quem vai perder em breve o controle, se é que já não perdeu, é o sofrido torcedor do Praia que anda seco por um título.

Coitado.

O mineiro ele dava como certo. Esse já era. Mas existem pontos positivos. As derrotas serviram para mostrar que determinadas jogadoras não irão vingar.

Quem são elas?

Uma mariola para quem adivinhar.

Tchan-tchan-tchan-tchaaaan!