Números de Tandara explicam derrota de Osasco para o Minas

Números de Tandara explicam derrota de Osasco para o Minas

Bruno Voloch

09 Fevereiro 2018 | 09h59

Qualquer semelhança não é mera coincidência.

O que era para ser 3 a 1 a favor de Osasco, virou 3 a 2 contra, exatamente como aconteceu no jogo do primeiro turno. Aliás, para ser mais justo, 3 a 0 na ocasião.

Muito se fala na grande atuação individual de Tandara na derrota de Osasco em Belo Horizonte. E com inteira justiça. Só que curiosamente o desequilíbrio nos números é que explica o resultado final da partida.


Pura de matemática.

Tandara, segundo consta, marcou 39 pontos nos 5 sets que jogou. Todas as demais jogadoras de Osasco somadas marcaram 35. Mari Paraíba 8, Leyva 7, Ninkovic 7, Nati Martins 5, Bia 5 e Fabíola 3.

Ela carregou o time literalmente nas costas.

Do outro lado não.

Tudo bem que Hooker tenha feito 24 pontos. Se a gente levar em conta o que a norte-americana já fez por aqui, dá para dizer que a pontuação foi até modesta. Só que o Minas teve Rosamaria, ainda que errando muito, marcando 14, a eficiente Carol Gattaz 13, Mara 7, Sonja 5 e Macrís 3.

Outra diferença foi Pri Daroit. A ponteira, que inexplicavelmente é banco, entrou e contribuiu com 6 pontos.