Procura-se Hooker: Minas não explica o inexplicável.

Procura-se Hooker: Minas não explica o inexplicável.

Bruno Voloch

19 Outubro 2017 | 11h15

A Superliga caminha para a segunda rodada e o Minas, por enquanto, continua sem Destinee Hooker.

O clube se cala e evita falar no assunto até porque deve mesmo ser difícil explicar o inexplicável. Não se traduz o que não tem tradução.

A jogadora norte-americana renovou contrato em maio, ou seja, 5 meses atrás. Foi quando o clube decidiu anunciar oficialmente a permanência da principal estrela do time. O leitor deve lembrar bem desse episódio. Ou não?

Portanto não existe nada que possa justificar a ausência dela em Belo Horizonte. O torcedor, aquele que efetivamente carrega o time nas costas, merece consideração.

Afinal de contas, cadê Hokker?