Volero Zürich confirma previsão e libera geral

Volero Zürich confirma previsão e libera geral

Bruno Voloch

30 Maio 2017 | 17h17

Não sobrou ninguém. Confirmando as previsões, o Volero Zürich, da Suíça, liberou todas as jogadoras estrangeiras que estavam no elenco.

Foluke Akinradewo, antes mesmo do mundial de clubes, já estava negociada com o Japão. A central norte-americana irá jogar no Hisamitsu.

A líbero Gizem está de volta ao vôlei da Turquia. Rykhliuk, ucraniana, defenderá o Besiktas.


As brasileiras Fabíola e Mari Paraíba foram emprestadas para Osasco. A cubana Kenia Carcaces, com passagem discreta pelo BRASIL, foi contratada pelo Ageo Medics, do Japão.

Nem as russas escaparam. Orlova e Malkova voltam ao país e vão jogar pelo modesto Proton.

A diretoria do Volero irá mudar a filosofia de trabalho e investir nas categorias de base. O objetivo é formar jogadoras e ajudar a Suíça na classificação para a Olimpíada de 2020.