Fisioterapia para fortalecimento muscular

Fisioterapia para fortalecimento muscular

SILVIA HERRERA

02 Outubro 2017 | 17h28

Acompanhe como foram a segunda e terceira semanas do #Desafio 5K – o Retorno. O foco do trabalho dos fisioterapeutas do Instituto Trata Moema foi o fortalecimento do quadrícipes e glúteos (médio e máximo), agachamentos e início dos funcionais. Também recebi massagem para a contratura e alongamento de quadril,  inesquecíveis. #corridaderua #corridaparatodos #fisioterapia #Desafio5K-oRetorno

O fisioterapeuta Marcio Daniel Oliveira começou a etapa de mecanoterapia, com a musculação nas cadeiras para fortalecimento e houve uma evolução do tratamento sensoriomotor, que é trabalhar um pouco mais a readaptação do meu plano corporal (veja mais detalhes no vídeo abaixo).

Segundo o fisioterapeuta Edson Santiago, esse trabalho de fortalecimento do quadrícipes tem como finalidade reduzir a carga no joelho. Além do músculo da coxa trabalharam o glúteo médio e glúteo máximo, que são estabilizadores. “Eles estabilizam o joelho, para que ele não entre no que chamamos de joelho valgo dinâmico. E assim reduzir um pouco mais a tensão do seu joelho. No final trabalhamos um pouco de toda a parte motor. E, consegui  estabilizar um pouco mais o seu quadril com a minha mão, empurrando-o  lateralmente na perna posterior a que você tem a lesão. Ou seja, todo aquele fortalecimento que nós fizemos anteriormente agora estamos direcionando para seu objetivo, que é a corrida”, explica Santiago. Aliás, esse exercício é como se fosse uma largada de corrida, aquele primeiro impulso para inciar a corrida de rua.

As dores sumiram já na segunda semana e comecei a trabalhar a musculação terapêutica em aparelhos, sob orientação dos fisioterapeutas. O joelho não pode doer em nenhum momento. A musculatura começou a responder e o quadrícipes a fritar e tremer. Nesta semana vou começar a fazer a musculação na academia e focar mais nos exercícios funcionais na fisio. Se você tiver alguma dúvida, basta escrever aqui nos comentários. Outro dia me pediram um treino para 5K. Eu sou jornalista, não educadora física. Meu treinador é o Murilo Groschitz Ruas Almeida, da Run&Fun, para quem quer começar a correr procure uma assessoria esportiva, no parque mais próximo à sua casa com certeza tem uma. Por enquanto os treinos ainda estão suspensos, mas como o Desafio é justamente conseguir correr uma 5K dia 29 de outubro, acredito que devam recomeçar em breve.

Confira abaixo o vídeo entrevista com o fisioterapeuta Marcio Daniel Oliveira, responsável pelo meu caso, e um resumo das duas semanas.

Para você que chegou agora, aqui estão os outros dois posts sobre o desafio.

Desafio 5K – o Retorno

Fisioterapia para corrida de rua