Maratona do Rio quer ser uma das Majors

Maratona do Rio quer ser uma das Majors

SILVIA HERRERA

13 Setembro 2017 | 10h17

Para transformar este “sonho” em realidade nos próximos anos a organização da prova anuncia mudanças já para 2018, a primeira delas será realizar a meia maratona na véspera da maratona. #corridaparatodos #maratona

Thiago Diz/ Maratona do Rio/Divulgação

Aos 15 anos, a 42K mais popular do Brasil, quer virar “gente grande” e para isso começa a fazer a lição de casa para entrar no seleto grupo das melhores maratonas do mundo. Mas o que é ser Major? Simples, desde 2006 é realizada uma competição anual de maratonas de rua mais a olímpica e a do mundial de atletismo da IAAF (Federação Internacional de Atletismo) com premiação de US$ 1 milhão, US$ 500 mil para o campeão masculino e US$ 500 mil para o feminino. Os atuais campeões são Eliud Kipchoge (aquele do Breaking 2 da Nike) e Jemima Sumgong, que pode perder o prêmio por ter sido pega no doping em fevereiro. Kipchoge é tetracampeão desta competição, venceu quatro vezes consecutivas.

São seis as maratonas Majors – Chicago, Londres, Boston, Nova York, Berlim e Tóquio, todas com mais de 30 mil inscritos e com sorteios para conseguir uma vaga, categoria ouro da IAAF  e são puras, com apenas uma distância disputada no trajeto. Estão participando do sorteiro para as 30 mil vagas da maratona japonesa, por exemplo,  300 mil corredores. Em abril deste ano o organizador da World Majors Marathons – nome do campeonato, divulgou que está escolhendo mais três maratonas, duas seriam na Ásia (menos Japão) e uma na África. A mais forte candidata é Cingapura.


Há um longo caminho para a Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro percorrer, mas estão na rota certa. Em 2018, a 21K que largava meia hora antes da 42K, vai ser realizada na véspera, no dia 2 de junho. Para incentivar os corredores a se tornarem maratonistas, além da Family Run (6K), que será realizada no domingo 3 de junho às 8h na região do Aterro do Flamengo, acrescentaram uma 10K, que largará junto com a 6K, rumo norte, e terá um retorno 2K mais para frente no Bulevar Olímpico. Além disso criaram o Desafio Cidade Maravilhosa, para àqueles que gostam de distâncias ainda maiores. O desafio consiste em correr a 21K no sábado mais a 42K no domingo. Para isso é necessário se inscrever nas duas provas (R$ 300 no total) e sinalizar no site que vai participar do desafio – quem conseguir concluir os 63K vai receber uma medalha adicional.

Valorizar  o corredor de rua

“Já temos o percurso mais lindo do mundo, que é mérito de Deus, e temos de ser capazes de construir algo relevante a partir disso, por isso nos esforçamos ao máximo para que a operação, a logística e a experiência do nosso corredor, que é o centro da nossa estratégia, seja excelente. Aos longo desses anos é assim que estamos trabalhando, buscando construir respeito e admiração pela Maratona do Rio”, explica João Traven, sócio-diretor da Spiridon Eventos.

“Este ano tivemos 33 mil participantes e destes 17 mil completaram a maratona, número que vem crescendo ano a ano”, conta  Carlos Sampaio, sócio-diretor da Spiridon Eventos. Para o ano que vem esperam aumentar o número total de participantes para 37 mil, mas oferecendo muito mais conforto e qualidade, valorizando o maratonista. Para se tornar uma Major, além da total excelência da prova precisam atrair 30 mil maratonistas. As inscrições para todos as corridas abrem hoje no site, às 10h21.

“Qual o objetivo de separar a maratona da meia maratona? Para nós, todos os participantes são importantes, mas a maratona precisa de fluidez, precisa de espaço para gerar velocidade para que os atletas de elite consigam baixar ainda mais os tempos. E com uma maratona pura, ou seja, sem nada no percurso que a atrapalhe, os atletas vão conseguir desenvolver o ritmo muito mais fácil. E para a Maratona do Rio se tornar ma Major ela precisa ser pura”, observa Sampaio. “Vamos proporcionar um feriado inteiro de entretenimento aos participantes, expo maior, com mais atrações, vão ter vilages dos patrocinadores, ações nas chegadas e largadas e um show no encerramento, com diversão para todos os corredores, familiares e torcedores. Vamos criar um universo ao redor da maratona, vamos ser um exemplo de evento esportivo”, acrescenta.

Thiago Diz/ Maratona do Rio/Divulgação

Desde 2016 que a Maratona do Rio assumiu o feriado de Corpus Christi com a data oficial da prova. É uma oportunidade de unir esporte e turismo. Sabemos do potencial da cidade para eventos como a maratona e precisamos aproveitar essa oportunidade. Queremos transformar o Rio em uma referência no esporte”, destaca Duda Magalhães, diretor geral da Dream Factory. E falando do potencial turístico da maratona, este ano 20 mil pessoas vieram de outras cidades, inclusive do exterior, participar da prova; para o Rock in Rio estão vindo 300 mil pessoas. Pensando em melhor organizar o calendário de eventos da cidade, os empresários cariocas do setor estão criando o programa “Rio de Janeiro a Janeiro”, onde constará tudo que vai rolar na cidade, a agenda vai ser lançada dia 24 de setembro, o que vai beneficiar a maratona, que faz parte dessa estratégia.

Troca de Pontos por Inscrições

Para driblar a crise, a Spidon Eventos fez uma parceria com a Easy Live (plataforma digital que integra alguns Programas de Fidelidade) que deve agradar aos corredores de rua. Os inscritos nos programas de fidelização parceiros da Easy Live-  Smiles, Dotz, e LIVELO – poderão realizar a troca de pontos por inscrições a partir do dia 29 de setembro. São entre 5 mil a 7 mil pontos, dependendo do plano, por uma inscrição. Na data, os detalhes estarão disponíveis na página da Maratona do RioAliás, o primeiro lote das inscrições termina dia 31 de outubro. confira abaixo os preços e a programação.

Valores das Inscrições:

6K Family Run (3/6/18) – Largada às 8h – Aterro do Flamengo – R$70

10 K (3/6/18) – Largada às 8h – Aterro do Flamengo – R$70

21K (2/6/18) – Largada às 6h30 – Barra da Tijuca – R$ 150

42K (3/6/18) – Largada às 7h – Recreio dos Bandeirantes – R$ 150

Kit Elite VIP para 21k ou 42K – R$290

 

PROGRAMAÇÃO

Quinta a sábado (31/5 a 2/6) – entrega de kit e Expo

Sábado  (2/6/ 2018) – Meia Maratona Olympikus da Cidade do Rio de Janeiro (21km)

Domingo (3/6/18) – 6km, 10km e Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro (42km)

Veja como foi a maratona deste ano

 

 

Mais conteúdo sobre:

corrida de ruamaratona