As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O bigodão mexicano de Giba

Estadão Esportes

12 Agosto 2012 | 11h55

Giba gosta de cultivar seu “bigodão de mexicano” e exibi-lo em grandes decisões. Além de já ter servido como um talismã, produziria  outro efeito. Deixaria o ponteiro com cara de mau, e isso intimidaria os adversários. Mas quais seriam as chances de isso funcionar contra a seleção de um país que apresenta, em sua história, vitórias como a da batalha de Stalingrado? Da história russa fazem parte também os grupos de cossacos, que não eram muito bonzinhos.
(Alessandro Lucchetti)