As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dirigente do São Paulo se envolve em confusão em jogo no Morumbi

Ciro Campos

20 Março 2015 | 16h13

Um clima de rivalidade interna no São Paulo tomou conta das cadeiras cativas do Morumbi durante o intervalo do jogo contra o San Lorenzo, na última quarta-feira, pela Libertadores. O vice-presidente de futebol do clube, Ataíde Gil Guerreiro, teve discussão ríspida com alguns torcedores e preferiu se retirar do local para evitar mais confusão. O motivo da encrenca foi a entrevista dada pelo dirigente à TV Gazeta na semana passada, quando criticou a torcida após a derrota para o Corinthians, ao falar que nem com portões abertos o Morumbi ficaria cheio.

Essa declaração de Ataíde já havia causado irritação instantânea em alguns conselheiros e motivado alguns protestos da torcida organizada. O cenário de animosidades da última quarta ficou pior porque antes do jogo foram distribuídos panfletos no Morumbi contra o dirigente. O material, que não estava assinado, continha o escudo do São Paulo e texto com críticas a Ataíde.