Flamengo e Bauru vão brigar pelo título da Liga das Américas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Flamengo e Bauru vão brigar pelo título da Liga das Américas

Brasileiros são os favoritos, mas local do Final Four pode equilibrar disputa com Peñarol e Pioneros

Marcius Azevedo

02 Março 2015 | 07h42

Os cruzamentos do Final Four da Liga das Américas, que acontece nos dias 14 e 15 de março, foram definidos no último final de semana.

Flamengo e Bauru vão brigar pelo título.

Uma cesta do armador argentino Nicolas Laprovittola evitou um confronto brasileiro. O Rubro-Negro, atual campeão, derrotou o Peñarol, da Argentina, por 88 a 86, e ficou com o primeiro lugar do Grupo F. Agora o Flamengo enfrenta o Pioneros de Quintana, do México.

Na outra semifinal, o Bauru, que está invicto na competição e ficou em primeiro no Grupo E, encara justamente o Peñarol, que, apesar da derrota para o Flamengo, se garantiu nas semifinais.

Laprovittola, do Flamengo, evitou confronto brasileiro na semifinal (Divulgação)

Laprovittola, do Flamengo, evitou confronto brasileiro na semifinal (Divulgação)

Os brasileiros, claro, entram como favoritos ao título, embora Bauru vá sofrer bastante sem ter Jefferson Willian. O ala-pivô rompeu o Tendão de Aquiles do pé direito e vai ficar um bom tempo afastado.

Mas um fator pode colocar mais equilíbrio na disputa: o local do Final Four. As quatro equipes fazem lobby para sediar o evento. Todos sabem o peso que tem de atuar em casa neste momento.

No ano passado, o Flamengo foi campeão da Liga das Américas jogando no Rio de Janeiro, empurrado por sua fanática torcida. Também em 2014, Bauru viu o quanto foi importante atuar em seu ginásio, o Panela de Pressão, para conquistar o título da Liga Sul-Americana.

Ou seja, Peñarol e Pioneros querem minimizar o favoritismo dos brasileiros com o fator casa. A Fiba Américas define o local do Final Four nos próximos dias.

Vale lembrar que o campeão disputa o Mundial de Clubes. Nas últimas duas edições, o Brasil foi o representante das américas no confronto contra os europeus. O Pinheiros foi derrotado pelo Olympiacos, da Grécia, em 2013, e o Flamengo derrotou o Maccabi Tel Aviv, de Israel, em 2014.