Brasileiros vencem corridas de motovelocidade na Europa e bandeira e hino emocionam

Brasileiros vencem corridas de motovelocidade na Europa e bandeira e hino emocionam

Ricardo Ribeiro

08 Outubro 2017 | 12h57

Tudo bem, amigos?

Do off-road para o asfalto! Hoje vou quebrar o protocolo e publicarei um conteúdo diferente aqui no blog. O domingão chuvoso começou repleto de emoção, com dois brasileiros fazendo história na motovelocidade em Aragon, na Espanha: Eric Granado e Meikon Kawakami. Os dois levaram a bandeira do Brasil ao lugar mais alto do pódio em um dos campeonatos de motovelocidade mais disputados do mundo. Eric corre na categoria Moto2 e Kawakami na Copa de Talentos.


 

Eric Granado (51) durante corrida no Campeonato Europeu de Motovelocidade. Foto: Divulgação

Eric Granado é um monstro

Eric Granado é um monstro e disputa dois campeonatos na mesma temporada, um no Brasil e outro na Europa. Além de fazer uma maratona para cruzar o Atlântico praticamente toda a semana e treinar com motos diferentes, em circuitos diferentes e equipes diferentes, ele lidera o Superbike Brasil e o Campeonato Europeu de Motovelocidade. É mole?

Neste domingo foi emocionante. Eric Granado fez duas corridas pela Moto2. Na primeira, ficou em terceiro. Na segunda, arrebentou a boca do balão e faturou a primeira posição em uma corrida de tirar o fôlego.

Meikon Kawakami venceu corrida neste domingo em Aragon, na Espanha. Foto: Divulgação

Mas o legal mesmo foi a bandeira do Brasil que ele recebeu do pai, Marco, logo após cruzar a linha de chegada. Ele deu uma volta na pista com as cores do nosso país. E a dose de emoção não para por aí: a bandeira do Brasil voltou ao lugar mais alto do pódio na hora de Eric Granado levantar o troféu embalado pelo hino nacional.

Depois das corridas de Eric, mais uma vez a bandeira brasileira e o hino nacional foram protagonistas, com Meikon Kawakami comemorando o primeiro lugar. Foi de arrepiar! Os dois pilotos correm com motos Honda.

E para dizer que não falei nada sobre rali hoje, quem não se recorda da bandeira do Brasil nas mãos do piloto Leandro Torres e o navegador Lourival Roldan na vitória inédita do país em uma uma categoria do Rally Dakar? Vale a pena relembrar! Ambos correram com um UTV Polaris.

Lourival Roldan (esq) e Leandro Torres comemoram a vitória inédita do Brasil no Rally Dakar. Foto: Victor Eleutério/Fotop