Receita dos clubes brasileiros com o sócio-torcedor pode chegar a R$ 1 bilhão por ano

Entre paulistas, Palmeiras é o que mais cresce na temporada

Robson Morelli

13 Março 2015 | 15h48

Estadio doPalmeirasRafaelArbexEstadao_570

Em atualização do trabalho feito sobre a filiação aos programas de sócios-torcedores no Brasil, o Movimento Por Um Futebol Melhor divulga números que deixam os clubes animados, sobretudo em São Paulo. Nos dois primeiros meses deste ano, por exemplo, 70 mil torcedores se associaram aos programas dos times paulistas. O Palmeiras foi quem mais cresceu neste curto espaço de tempo, com 36 mil a mais, seguido por Corinthians (16 mil) e São Paulo (14 mil).

Os 60 clubes que têm o programa regulamentado comemoram os 890 mil seguidores até agora, gerando injeção de receita total de cerca de R$ 200 milhões. Somente para este ano, a estimativa é que o programa gere dinheiro na ordem de R$ 130 milhões. Os especialistas acreditam que os clubes podem ganhar muito mais numa única temporada, batendo na casa de R$ 1 bilhão somente com esse programa.

A conta é simples, tomando por base os resultados de associados do Internacional, que encabeça o ranking dos clubes nacionais com mais sócios-torcedores, 130 mil. Com torcida estimada pelo Ibope em 5,6 milhões, 2,3% dos colorados se filiaram ao projeto do Beira-Rio. Isso representa ganho estimado por ano de R$ 46 milhões. É de longe o time que mais fatura com seus seguidores. Veja a lista dos especialistas.

1
Inter
R$ 46 milhões/ano
O time tem torcida estimada de 5,6 milhões e 2,3% desse total de sócios-torcedores, com 130 mil

2
Palmeiras
R$ 33 milhões
O clube paulista é quem mais cresce proporcionalmente. Sua torcida é de 10,6 milhões, com engajamento de 0,86%.

3
Grêmio
R$ 29 milhões
O time de Felipão tem 6 milhões de torcedores estimados, com 1,34% de sócios-torcedores

4
Corinthians
R$ 28 milhões
Dono da segunda maior torcida no País, com 27,3 milhões estimados, o clube tem 0,29% de filiados

5
Cruzeiro
R$ 24 milhões
O time mineiro, de acordom com levantamento, tem 1,10% de seus 6,2 milhões de torcedores engajados no programa

6
Santos
R$ 20,1 milhões
A torcida do time da Vila Belmiro é de 4,8 milhões. Desse total, 1,16% já estão no projeto do sócio-torcedor

7
Flamengo
R$ 19 milhões
Pelo quantidade de seguidores, 32,5 milhões, o Rubro-negro poderia lucrar muito mais: são 0,16% de associados