Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes » Costarriquenho ganha trocados pintando bandeira do país no rosto de torcedores

Esportes

Costarriquenho ganha trocados pintando bandeira do país no rosto de torcedores

Esportes

Costarriquenho ganha trocados pintando bandeira do país no rosto de torcedores

Brasileiros formavam fila para terem rosto pintado

Seleção Universitária

29 Junho 2014 | 16h50

Brasileiros formavam fila para terem rosto pintado

Brasileiros formaram fila par terem a bandeira da Costa Rica pintada no rosto (Emanuel Leite Jr/Seleção Universitária)

Emanuel Leite Jr. – especial para O Estado de S. Paulo

RECIFE – “Venham, venham pintar a bandeira da Costa Rica.” É assim que o costarriquenho Jorge Azevedo chamava pelos torcedores que passavam próximos ao ponto de desembarque do ônibus que faz o translado até o metrô. Com ingresso para o jogo, Jorge aproveitava o tempo para colorir rostos e ganhar um trocado.

No Recife desde o dia 16 de junho, Jorge já havia assistido ao jogo de sua seleção contra a Itália, quando a Costa Rica venceu por 1 a 0 e se garantiu nas oitavas de final. Nos outros dias, além de conhecer o Recife e Pernambuco, ia para a Fan Fest, ver os jogos pelo telão.

“Qualquer trocado serve”, anunciava ele. “Não tem trocado? Nem um real?, questionou espantado quando uma jovem mostrou que tinga apenas uma cédula de R$50. “Não tem problema, eu pinto seu rosto de graça”, disse para ela. “O importante é ver a bandeira do meu país no rosto das pessoas”, disse para a Seleção Universitária.

Logo se formou uma longa fila de brasileiros querendo expor seu apoio à Costa Rica. A animação e simpatia dos costarriquenhos contagiou o pernambucano desde o confronto com a Itália. “A torcida deles é muito carismática”, justificava o recifense Ricardo Campos, enquanto aguardava a sua vez. “A campanha da Costa Rica me fez torcer por eles”, disse Idelmo Medeiros, outro que estava na fila.