Chase Carey dará largada em Le Mans

Chase Carey dará largada em Le Mans

Ação marca reaproximação entre F-1 e Le Mans.Enfrentamento marcou últimos anos. Panoz anuncia o GT-EV.

Wagner Gonzalez

16 Junho 2017 | 13h08

Toyota larga na pole para a ediçnao deste ano (ACO)


O Automóvel Clube do Oeste (ACO), o promotor das 24 Horas de Le Mans, confirmou hoje que Chase Carey dará a bandeirada de largada para a competição deste ano, que tem início marcado para as 10 horas de amanhã (17/6), horário de Brasília. A notícia cria uma nova plataforma de relacionamento entre as duas categorias, particularmente entre a F-1 e o evento francês. No ano passado Bernie Ecclestone e Jean Todt não hesitaram em marcar o  GP do Azerbaijão para o mesmo dia da corrida de Sarthe, o que impediu a participação de alguns pilotos, em especial Fernando Alonso; essa decisão foi encarada como um gesto belicoso.

Um novo panorama no relacionamento entre a F-1 e Le Mans fica mais nítido (ACO)

Carey assumiu o comando da F-1 no início deste ano e vem se notabilizando por incentivar ações que estão gerando uma nova imagem para o seu produto. A participação de Fernando Alonso nas 500 Milhas de Indianapolis deste ano teve sua benção apesar de significar a ausência do espanhol no GP de Mônaco, disputado no mesmo dia. Já se fala em um acordo para evitar a coincidência de datas entre os eventos monegasco e norte-americano, outra conquista do executive norte-americano.

Novo protótipo de Don Panoz propõe uso de baterias de troca rápida (Panoz)

O ACO divulgou também um manifesto de novas regras para serem implantadas em 2020. Sob a ótica de conter custos e deixar aberto espaço para pesquisa e inovação, o regulamento proposto foca em energia elétrica e sistemas híbridos sem anular o espírito das normas atuais. O constructor Don Panoz e a empresa Green4U Technologies apresentaram hoje, no circuito francês, o projeto do Green4U Panoz Racing GT-EV, um protótipo elétrico com bacteria que garante a autonomia de 150 km em ritmo de competição. A recarga será feita com a troca do acumulador de energia. Panoz espera disputer a prova no ano que vem como ocupante da Garagem 56, box reservado a protótipos com tecnologia inovadora e praticametne sem restrições de regulamento.

Daniel Serra, como o Aston Martin 97, é um dos sete brasileiros inscritos na prova deste ano. (ACO)

0 Comentários