Sean M. Haffey/AFP
Sean M. Haffey/AFP

Após eliminação e adeus, Paul Pierce recebe homenagens pelos 19 anos de NBA

Ala se despediu na derrota do Los Angeles Clippers para o Utah Jazz

Estadão Conteúdo

01 Maio 2017 | 17h18

A eliminação dos Los Angeles Clippers para o Utah Jazz no último domingo colocou fim à carreira de um dos principais jogadores da NBA dos últimos tempos. O ala Paul Pierce se despediu das quadras após 19 temporadas disputadas. O adeus do atleta de 39 anos rendeu diversas homenagens nas redes sociais. Pelo Twitter, Kobe Bryant, Kevin Garnett e Dwyane Wade foram alguns dos ídolos do basquete que o parabenizaram pela longeva carreira.

Em sua última partida pelo Los Angeles Clippers, Paul Pierce esteve em quadra por 21 minutos, marcou seis pontos, pegou três rebotes e deu uma assistência. O Utah Jazz, no entanto, venceu a partida, encerrou a série em 4 a 3 e avançou para as semifinais da Conferência Oeste.

Paul Pierce viveu o auge no Boston Celtics, franquia pela qual iniciou a carreira e atuou por 15 anos. Destaque para a temporada 2007/2008, quando foi campeão em cima dos Los Angeles Lakers e ainda ganhou o prêmio de MVP das finais.

Nesta temporada, quando o Los Angeles Clippers visitou o Boston Celtics, Paul Pierce foi reverenciado pelos torcedores da franquia e, como forma de retribuição, beijou o símbolo do mascote estampado na quadra. O agora ex-jogador ainda deve receber outras homenagens pelo Celtics, onde ele é o segundo maior cestinha da história da franquia com 24.021 pontos, atrás apenas de John Havlicek, que fez 26.395 pontos.

O ala deixou o Boston Celtics em 2013 e passou uma temporada no Brooklyn Nets. Na sequência atuou pelo Washington Wizards e em 2015 acertou com o Los Angeles Clippers. Nos 19 anos em que esteve na NBA, foi selecionado 10 vezes para participar do All-Star Game.

Mais conteúdo sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.