Kathy Willens/AP
Kathy Willens/AP

Auxiliar do Spurs é anunciado como novo técnico do Charlotte Hornets na NBA

James Borrego foi o escolhido e teve o nome confirmado nesta quinta-feira pelo time que tem Michael Jordan como dono

Estadão Conteúdo

10 Maio 2018 | 20h06

O Charlotte Hornets apostou em uma tática conhecida para tentar se reerguer na NBA. Como já fizeram outras franquias, a equipe anunciou um auxiliar-técnico do San Antonio Spurs como seu novo treinador. James Borrego foi o escolhido e teve o nome confirmado nesta quinta-feira pelo time que tem Michael Jordan como dono.

+ Confira o noticiário da NBA

"Estamos muito felizes por termos James em nossa franquia. Ele trás muita experiência e um forte histórico de desenvolvimento de jogador de seu período em San Antonio, New Orleans e Orlando. Ele tem sido parte de times que subiram para o mais alto nível de sucesso em nossa liga e entende o que é necessário para vencer na NBA", declarou o presidente de operações e diretor geral do Hornets, Mitch Kupchak.

Borrego tem 40 anos e estava no Spurs desde 2015 nesta segunda passagem, após uma anterior entre 2003 e 2010. Esta será a primeira vez dele como treinador efetivo na NBA. Antes, comandou o Orlando Magic em 30 partidas interinamente, na temporada 2014/2015.

"Eu estou bastante empolgado para trabalhar como técnico do Charlotte Hornets. Eu quero agradecer ao Michael Jordan e à diretoria pela oportunidade. Estou confiante na formação de técnico que tive a oportunidade de desenvolver em San Antonio, Orlando e New Orleans, e mal posso esperar para trabalhar em Charlotte", celebrou.

Diante do sucesso do Spurs sob o comando de Gregg Popovich, diversas franquias passaram a procurar assistentes do treinador para assumirem suas equipes. Recentemente, Mike Budenholzer assumiu o Atlanta Hawks, de onde saiu ao fim da última temporada, e Brett Brown foi para o Philadelphia 76ers, que levou à decisão do Leste este ano.

No Hornets, Borrego substituirá Steve Clifford, demitido ao fim da última temporada por novamente não conseguir levar a franquia aos playoffs. Nas últimas quatro edições da NBA, a equipe só avançou em uma, e caiu logo na primeira rodada, para o Miami Heat.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.