Bauru derrota Pinheiros, vira série para 3 a 2 e se classifica à final do NBB

Final da NBB será contra o Paulista; série melhor de cinco começa no sábado

Estadão Conteúdo

23 Maio 2017 | 22h38

Quando muita gente já esperava uma final totalmente com clubes da cidade de São Paulo, o Bauru renasceu e está na decisão do NBB (Novo Basquete Brasil). Nesta terça-feira, o time do interior paulista derrotou o Pinheiros por 66 a 60 (34 a 26 no primeiro tempo), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), e conseguiu uma histórica virada de 2 a 0 contra para 3 a 2 na série melhor de cinco de uma das semifinais.

Em sua terceira final consecutiva, Bauru tentará mais uma vez um título inédito em sua história. O adversário será o Paulistano, que passou com tranquilidade pelo Vitória-BA na outra semifinal e está treinando há alguns dias para a série melhor de cinco decisiva. Ela começará neste sábado, às 14 horas, no ginásio do Paulistano, em São Paulo.

Nos dois anos anteriores, Bauru não conseguiu superar na final o Flamengo, clube com o maior número de títulos do NBB, que está em sua nona edição - os cariocas venceram cinco vezes e o Brasília, as outras três. O Paulistano também já chegou a uma decisão e perdeu para o mesmo Flamengo, em 2014. Neste ano, o clube rubro-negro carioca caiu nas quartas de final para o Pinheiros.

"Esse time mostrou poder de superação enorme, mesmo brigando entre nós pelo melhor do clube. Foi uma virada de respeito, de muito respeito", disse Jefferson, o destaque da partida com um "duplo-duplo" (dois dígitos em dois fundamentos) com 17 pontos e 11 rebotes. Ainda deu sete assistências e ficou perto de um "triplo-duplo (dois dígitos em três fundamentos).

"Foi superação total. Fomos muito guerreiros e marcamos muito o Pinheiros. A gente não se abateu em momento algum, mesmo depois das duas primeiras derrotas. Não podíamos decepcionar essa torcida maravilhosa. Tudo começou naquele segundo tempo daquele Jogo 3, depois jogamos a pressão para eles no Jogo 4 e sabíamos que jogar o Jogo 5 em casa faria toda diferença", comentou o capitão do Bauru, Alex Garcia.

Com 11 pontos, Jaú foi outro destaque ofensivo dos donos da casa. Do lado do Pinheiros, Holloway com 12 pontos e Gemerson, com 10, foram os destaques do time da capital paulista.

Mais conteúdo sobre:
Basquete basquete Bauru Pinheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.