Brasil encara a República Checa nas quartas do Mundial

Os jogos desta segunda-feira definiram o cruzamento das quartas-de-final do Mundial feminino de basquete, que está sendo disputado em São Paulo e Barueri. Brasil, República Checa, Austrália, França, Espanha, Rússia, Estados Unidos e Lituânia continuam brigando pelo título da competição. Todos os jogos serão realizados nesta quarta-feira, no Ginásio do Ibirapuera. O confronto que abre a rodada será entre Austrália e França. Em seguida, às 15h15, jogam Brasil x República Checa. Os vencedores desses dois jogos se encontram na semifinal. Às 17h30, a Espanha encara a Rússia, e logo depois os Estados Unidos enfrentam a Lituânia. Os ganhadores dessas partidas fazem a outra semifinal. Velhas conhecidas Iziane, que jogou na República Checa, conhece cinco jogadoras da seleção que foram campeãs da Euroliga pelo Gambrynus TME Brno (Eva Vitecková, Hana Machová, Ivana Vecerová, Jana Veselá e Michala Hartigová). ?É um time que tem um basquete bom, no estilo europeu cadenciado, que até encaixa melhor com a gente porque jogamos com velocidade. É um time muito forte.? Helen e Alessandra advertem para a estatura do time (seis jogadoras têm 1,90 m ou mais). ?É a atual campeã européia, um time muito alto, de jogadoras inteligentes. Mas vamos estudar a equipe e fazer o nosso jogo?, afirma Helen. ?Tem uma defesa forte e chuta bem dos três pontos. É um time muito alto. Mas isso não importa para nós. Vamos aproveitar a folga para treinar um pouco e entrar com o pé direito nessa fase de mata-mata?, concluiu a pivô Alessandra.

Agencia Estado,

18 Setembro 2006 | 21h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.