Briga no basquete nacional também atinge equipes femininas

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) anunciou a participação de 13 equipes no Campeonato Nacional Feminino, 18 de dezembro a 24 de março - os clubes têm até o dia 16 deste mês para confirmarem inscrição. Também foi criada a Comissão Executiva que será formada por Catanduva, Marília, Ourinhos, Santo André, São Bernardo, São Caetano e Sport Recife. Mas terminada a reunião da CBB, num hotel de São Paulo, seis dos 13 clubes foram também ao encontro da Nossa Liga de Basquete (NLB) e confirmaram presença no outro campeonato. ?Os clubes apresentaram sugestões e tiveram apoio da CBB. Uma delas foi ampliar o tempo de duração do Campeonato Nacional e, com isso, aumentaremos a visibilidade do produto basquete e dos patrocinadores. Além disso, os clubes assumiram um compromisso de melhorar ainda mais a presença do público nos ginásios?, disse Antonio Passos, presidente de Ourinhos. Das 13 equipes que foram à reunião da CBB, apenas Fluminense (RJ) e Sport Recife (PE) não são de São Paulo. Catanduva, Guarulhos, Jundiaí, Marília, Ourinhos, Piracicaba, Santo André, Santos, São Bernardo e São Caetano completam o grupo. Dessas equipes, confirmaram presença no campeonato da NLB Santos, São Bernardo, Piracicaba, Suzano, Marília e Guarulhos, além de Uberaba (MG). Oscar Schmidt, presidente da NLB, disse que São Bernardo e Marília devem disputar os dois campeonatos. ?A liga concorda em adaptar a sua tabela, não há nenhum problema se eles quiserem disputar as duas competições?, acentuou.

Agencia Estado,

05 Outubro 2006 | 20h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.