CJ Gunther/EFE
CJ Gunther/EFE

Celtics faz 2 a 0 no Wizards com show de Thomas e Warriors passa pelo Jazz

Isaiah Thomas comanda a franquia de Boston com 53 pontos

Estadao Conteudo

03 Maio 2017 | 09h10

As equipes que tiveram o mando de quadra se deram melhor nos jogos de terça-feira pelas semifinais de conferência da NBA. Com grande atuação de Isaiah Thomas, o Boston Celtics fez 2 a 0 no Washington Wizards em duelo definido na prorrogação, enquanto o Golden State Warriors venceu fácil o primeiro duelo da série com o Utah Jazz.

Com 53 pontos de Isaiah Thomas, sendo nove na prorrogação, o Celtics superou o Washington Wizards por 129 a 119, pelas semifinais do Leste. Assim, Thomas se tornou o quinto jogador da equipe de Boston a anotar 50 ou mais pontos em um duelo da pós-temporada. Além disso, foi sua maior produção ofensiva em um jogo pelos playoffs.

Os playoffs, aliás, vêm sendo marcados por duros golpes para Thomas, cuja irmã faleceu na véspera do primeiro duelo dos Celtics pela rodada inicial. O astro compareceu ao funeral no último sábado e voltou a Boston no domingo pela manhã, horas antes de o Celtics abrir vantagem na série contra o Wizards. No encontro, Thomas perdeu um dente ao receber um golpe. Os médicos conseguiram colocar um implante, mas o jogador passou boa parte dos últimos dois dias sendo atendido por um dentista.

No segundo duelo da série, outros jogadores também precisaram de atendimento médico. Otto Porter Jr., do Wizards, deixou a quadra com uma hemorragia nasal. Avery Bradley, do Celtics, precisou de atendimento no segundo tempo por causa de um problema nas costas.

Al Horford totalizou 15 pontos e 12 rebotes pelo Celtics, enquanto Bradley e Jae Crowder anotaram 14 pontos cada. John Wall somou 40 pontos e 13 rebotes pelo Wizards. Marcin Gortat acumulou 14 pontos e dez rebotes e Markieff Morris terminou com 16 pontos, mas ambos foram excluídos por acúmulo de faltas.

A série agora terá prosseguimento em Washington, onde serão realizados o terceiro e o quarto encontros, na quinta-feira e no domingo.

Pelas semifinais do Oeste, o Warriors contou com seu jogo rápido de passes, recuperou o ritmo após uma semana de descanso e contou com 22 pontos em três quartos de Stephen Curry para se impor em quadra e superar o Utah Jazz por 106 a 94, na noite de terça, em Oakland.

Draymond Green converteu os seis primeiros pontos do Warriors no último quarto e terminou com 17 pontos, oito rebotes, seis assistências e dois tocos, chegando aos 19 nos cinco jogos da pós-temporada.

Kevin Durant contribuiu com 17 pontos em uma noite pouco inspirada nos arremessos, com sete de 17 acertos, capturou cinco rebotes e deu cinco assistências. O astro perdeu dois duelos da série anterior, contra o Portland Trail Blazers, e reapareceu no Jogo 4. Já Zaza Pachulia somou dez pontos pelo Warriors.

Rudy Gobert acumulou 13 pontos, oito rebotes e dois tocos, enquanto o brasileiro Raulzinho fez dois pontos nos quase três minutos em que jogou pelo Jazz, que fechou a sua série contra o Los Angeles Clippers no último domingo, quando foi disputado o Jogo 7. Já o Warriors havia atuado pela última vez em 24 de abril.

E a franquia aproveitou o duelo para homenagear o time de 2007, que encerrou uma sequência de 13 temporadas do Warriors sem avançar aos playoffs e surpreendeu ao eliminar o Dallas Mavericks, que havia liderado a temporada regular, na primeira rodada. O Jogo 2 da série vai ser disputado na próxima quinta-feira, novamente na Oracle Arena.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta quarta-feira com os jogos Cleveland Cavaliers x Toronto Raptors e San Antonio Spurs x Houston Rockets. Cavaliers e Rockets lideram suas séries por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.