Larry W. Smith / EFE
Larry W. Smith / EFE

Com toco de Ginóbili no fim, Spurs bate Rockets na prorrogação e faz 3 a 2

Com a ausência de Kawhi Leonard, lesionado nos minutos finais, craque argentino decide jogo em San Antonio: 110 a 107

Estadão Conteudo

10 Maio 2017 | 09h06

O San Antonio Spurs estava sem seu astro, parecia nervoso e teve dificuldades para pontuar nos últimos minutos do quarto período. Era o momento perfeito para que entrassem em ação Manu Ginóbili e os outros veteranos do elenco. E foi exatamente o que eles fizeram.

Danny Green anotou sete dos seus 16 pontos na prorrogação, na qual Ginóbili deu um toco decisivo nos instantes finais, e o Spurs bateu o Houston Rockets por 110 a 107, em casa, na noite de terça-feira. O time de San Antonio superou a perda de Kawhi Leonard por lesão e abriu vantagem de 3 a 2 na série pelas semifinais da Conferência Oeste da NBA.

Já sem o lesionado Tony Parker, o Spurs precisava de um esforço extra após perder Leonard. O astro somou 22 pontos e 15 rebotes em 38 minutos, antes de deixar a quadra com uma torção no tornozelo direito. Ele deu um pisão acidental em James Harden quando faltavam 5min37 para o fim do terceiro período, e só jogou por mais alguns instantes, ficando fora de toda a prorrogação. Mas Leonard assegurou que jogará a sexta partida, nesta quinta-feira, em Houston.

Harden totalizou 33 pontos, dez rebotes e dez assistências. Nos últimos segundos da prorrogação, teve a oportunidade de empatar o duelo com uma cesta de três, mas foi então quando apareceu Ginóbili, bloqueando o seu disparo. O argentino ainda contribuiu com 13 pontos, sete rebotes e cinco assistências.

Nenhuma das equipes anotou pontos no começo da prorrogação, com a primeira cesta convertida sendo um arremesso de três de Patrick Beverley com dois minutos para o fim, deixando o Rockets em vantagem de 104 a 101. Mas aí apareceu Green. Ele colocou o Spurs em vantagem - 106 a 104 - com um cesta de três. Depois, ainda converteu uma jogada de três pontos para fazer 109 a 107 a 30s1 do fim. E ainda acertou um de dois tiros livres para determinar o placar de 110 a 107, sacramentado com o toco de Ginóbili em Harden.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta quarta-feira com o duelo entre Washington Wizards e Boston Celtics pelas semifinais da Conferência Leste. A série está empatada em 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.