Final do Nacional de basquete é suspensa pela Justiça

O segundo jogo da série de melhor de cinco partidas que vai definir o campeão do Campeonato Nacional masculino de basquete, entre Franca/Mariner/Unimed e COC/Ribeirão, foi suspenso neste domingo por causa de uma liminar obtida pelo Universo/BRB/DF contra a Confederação Brasileira de Basquete (CBB). A equipe se considera prejudicada pela escalação do jogador Armandinho na partida do hexagonal semifinal contra o Telemar/Rio - o jogador atuou com o respaldo de uma liminar judicial. O advogado do Universo entregou a liminar ao representante da CBB antes do início da partida entre COC e Franca. Na primeira partida, Ribeirão Preto venceu o Franca por 63 a 61. Esse não será o único problema judicial que a CBB enfrentará hoje pois está prevista a entrega de outra liminar, obtida pelas federações do Rio, Espírito Santo e Paraná, que afasta a diretoria da entidade das funções para averiguar possíveis irregularidades na gestão administrativa. A CBB divulgou nota de repúdio onde ressalta que as três federações votaram à favor da aprovação das contas de 2005 na sexta-feira.

Agencia Estado,

28 Maio 2006 | 19h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.