Jogadoras cubanas fazem compras no centro de São Paulo

As jogadoras que não estiveram envolvidas em jogos do Campeonato Mundial Feminino de Basquete nesta sexta-feira aproveitaram o dia de folga para ir às compras. As cubanas, por exemplo, fizeram um passeio na 25 de março, tradicional rua de comércio no centro da cidade de São Paulo. ?O que mais compramos foram produtos para o cabelo, principalmente tranças para aplicar?, afirmou Leidiz Valdéz. Também fizeram sucesso as roupas infantis, lingeries, bolsas, óculos e produtos de cama, mesa e banho. Finalistas, australianas e russas tiraram algumas horas de folga para passear nos shoppings da Zona Sul da cidade. Segundo os taxistas que trabalham no hotel onde as seleções do Mundial estão hospedadas, o produto preferido das atletas das duas delegações, e das demais equipes européias, são os sapatos. Neste sábado, Austrália e Rússia decidem o título do Mundial, a partir das 14 horas, no Ginásio do Ibirapuera. Antes, às 9h30, Brasil e Estados Unidos entram na mesma quadra para ver quem fica com a medalha de bronze.

Agencia Estado,

22 Setembro 2006 | 20h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.