1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Knicks confirma Derek Fisher como novo técnico na NBA

AE - Agência Estado

10 Junho 2014 | 13h 17

Depois de uma temporada para ser esquecida na NBA, o New York Knicks só pensa em reconstruir sua equipe e, para isso, começará pelo banco de reservas. Depois de anunciar a demissão de Mike Woodson ao fim do último campeonato, a franquia apostou em uma novidade para ser seu novo técnico: Derek Fisher, que até nove dias atrás estava atuando pelo Oklahoma City Thunder nos playoffs da Conferência Oeste.

Fisher tem 39 anos e uma longa experiência como jogador, mas o agora ex-armador nunca treinou uma equipe. Para ele, nada que não possa ser resolvido com a bagagem que adquiriu ao longo de suas 18 temporadas na NBA. "Não tenho experiência como técnico, mas sou experiente. Basquete é um jogo em que tenho experiência jogando, liderando, guiando, ajudando outras pessoas. Nisso tenho experiência e é isso que espero dividir com os jogadores e a organização", disse, ao ser apresentado pela franquia.

Mesmo apostando em alguém recém-aposentado das quadras, o Knicks não economizará para ter Derek Fisher em seu banco de reservas. O novo treinador ganhará nada menos que US$ 25 milhões por cinco anos de contrato, mais do que boa parte dos técnicos já estabelecidos na liga. O ex-armador, em seu primeiro contato com a imprensa nova-iorquina, prometeu fazer valer a pena e reerguer a equipe, que, mesmo contando com nomes como Carmelo Anthony, Tyson Chandler e Amare Stoudemire, ficou fora dos playoffs do Leste.

"Precisamos retomar a identidade vencedora que tem nessa franquia e nessa cidade. Estou ansioso para trazer minha família para a família de Nova York. Ótimos técnicos e jogadores já passaram por essa franquia e sabemos que podemos restabelecer sua identidade. Então estou ansioso, estou animado", disse.

Fisher foi a escolha do presidente de operações da franquia, Phil Jackson, que assumiu o cargo em março. Jackson, como técnico, e Fisher, como jogador, foram dois dos responsáveis pela fase áurea vivida pelo Los Angeles Lakers no início dos anos 2000, com os títulos de 2000, 2001, 2002, 2009 e 2010. Além do time californiano, o ex-armador passou por Golden State Warriors, Utah Jazz, Oklahoma City Thunder e Dallas Mavericks.

"Essa manhã é maravilhosa, não só por mim, minha família, mas por Phil (Jackson) e a história que tivemos juntos. Ter a oportunidade de trabalharmos de novo juntos é incrível e estou muito ansioso para isso. Estou muito agradecido por essa oportunidade. Aprendi muito com os melhores técnicos do jogo ao longo dos anos que atuei", celebrou Fisher.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo