Michael Conroy/AP
Michael Conroy/AP

Lesão no joelho na estreia tira Jeremy Lin da temporada da NBA

Armador do Brooklyn Nets se machucou no jogo contra o Indiana Pacers

Estadão Conteúdo

19 Outubro 2017 | 15h38

As graves lesões tomaram conta do início da temporada 2017/2018 da NBA. Depois da fratura no tornozelo de Gordon Hayward, do Boston Celtics, na última quarta-feira o armador Jeremy Lin contundiu o joelho na estreia do Brooklyn Nets, na derrota por 140 a 131 para o Indiana Pacers, e perderá todo o campeonato.

+ Gordon Hayward sofre lesão gravíssima na abertura da temporada da NBA

Lin foi submetido a exames pelo Nets e teve diagnosticada uma ruptura no tendão patelar do joelho direito. A própria franquia admitiu que a tendência é que o armador só retorne ao basquete para a temporada 2018/2019.

"Jeremy trabalhou extremamente duro durante a pré-temporada e estava animado com as possibilidades do time para a temporada. Nos sentimos péssimos porque a lesão vai custar a temporada, mas nossa organização inteira vai apoiar Jeremy de todas as formas possíveis na recuperação. Jeremy segue como parte importante desse time e seguirá contribuindo com sua liderança", disse o diretor geral do Nets, Sean Marks.

A contusão de Lin aconteceu já no quarto período do confronto, quando o armador tentou uma infiltração e caiu de forma errada sobre a perna direita. Estranhamente, o armador pareceu demorar para entender o que estava acontecendo, mas logo depois acusou a dor no joelho e começou a dizer aos companheiros: "Acabou, acabou".

Jeremy Lin tem 29 anos, está em sua segunda temporada pelo Nets e ganhou fama mundial no campeonato de 2011/2012. Na ocasião, o armador formado em Harvard não passava de um desconhecido na NBA quando, diante das inúmeras lesões no elenco, ganhou espaço no New York Knicks, emendou uma sequência de grandes atuações e se tornou ídolo da cidade instantaneamente. De lá para cá, defendeu ainda o Houston Rockets, o Los Angeles Lakers e o Charlotte Hornets, mas sem o mesmo brilho.

Mais conteúdo sobre:
NBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.