Russ Isabella/USA Today
Russ Isabella/USA Today

Raulzinho elogia Warriors, mas vê Jazz capaz de surpreender no duelo dos playoffs

Utah enfrenta Golden State pela semifinal da Conferência Oeste

Estadão Conteúdo

01 Maio 2017 | 15h06

Depois de uma exaustiva série diante do Los Angeles Clippers, vencida apenas no jogo 7, na casa do adversário, no último domingo, o Utah Jazz já se prepara para a próxima batalha nos playoffs da NBA, que promete ser ainda mais complicada. Pelas semifinais da Conferência Oeste, a equipe terá pela frente o poderoso Golden State Warriors, melhor equipe da temporada regular.

"Comemoramos muito a vitória e a classificação. Foi um grande resultado. Ganhar do Clippers na casa deles nos dá mais confiança e, para mim, é a realização de um sonho. Foi um dia especial, mas que já ficou para trás. Nosso foco agora está todo nessa segunda rodada. O Golden State é o melhor time do Oeste há três anos, uma equipe experiente, de muito volume de ataque e jogadores fora de série", considerou o brasileiro Raulzinho, armador do Jazz.

O Warriors vem de duas finais de NBA, ambas contra o Cleveland Cavaliers - ganhou uma e perdeu outra -, e registrou a melhor campanha da história da temporada regular no ano passado, com 73 vitórias e nove derrotas. Para 2016/2017, ainda adicionou o astro Kevin Durant ao seu recheado elenco, com Stephen Curry, Klay Thompson, Draymond Green, entre outros. Por isso, é o grande favorito para o título mais uma vez.

Mas para Raulzinho, o Jazz tem as peças necessárias para surpreender o adversário. Quinto colocado do Oeste na temporada regular, o time de Salt Lake City conta com um garrafão bastante forte, com destaque para o pivô Rudy Gobert, justamente a maior fragilidade do Warriors. Por isso, apesar da superioridade técnica do rival, o brasileiro mantém a esperança em uma surpresa.

"Estamos vivendo um bom momento, numa sequência de boas atuações e temos tudo para fazer uma grande série. Confio no nosso trabalho, na força do nosso grupo, e vamos dar o máximo, tentar levar alguma vantagem para Utah", disse. O Jazz visita o Warriors nesta terça e quinta, antes de receber o adversário no sábado e na próxima segunda. Os Jogos 5, 6 e 7 só serão disputados se necessário.

Mais conteúdo sobre:
basquete Raulzinho Neto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.