1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Seleção brasileira de basquete faz balanço positivo da 1ª fase

Estadão Conteúdo

04 Setembro 2014 | 14h 09

Depois de atropelar o Egito nesta quinta, equipe comandada por Magnano se classificou às oitavas com quatro vitórias e uma derrota

A seleção brasileira masculina de basquete terminou a primeira fase do Mundial da Espanha atropelando o Egito nesta quinta-feira, por 128 a 66. O resultado leva a equipe às oitavas de final como segunda colocada do Grupo A do torneio, com quatro vitórias e uma derrota - para os anfitriões espanhóis. O bom desempenho agradou os jogadores brasileiros, que garantem que o time vai com moral para o mata-mata.

"Acho que foi muito positivo nosso desempenho na primeira fase. A partida contra a Espanha foi o único jogo que não conseguimos acertar. Mérito para eles também que foram muito bem no ataque. Já contra os outros dois europeus (França e Sérvia) atuamos muito bem. E contra os adversários teoricamente mais fracos (Irã e Egito) vencemos com tranquilidade. Vamos para as oitavas de final com moral para enfrentarmos os próximos adversários", comentou o armador Marcelinho Huertas.

Antes da competição, a meta brasileira era mesmo buscar a segunda posição, já que uma vitória contra a Espanha na casa do adversário era pouco provável. Mas diante da atual campeã europeia, a França, e de uma das mais tradicionais escolas do basquete mundial, a França, o time de Rubén Magnano conseguiu vitórias significativas, e a campanha faz com que os jogadores já sonhem com as quartas de final.

Jorge Guerrero/AFP
Brasil conquistou quatro vitórias e uma derrota na primeira fase

"Nossa participação foi muito boa na primeira fase, com quatro vitórias e uma derrota, e encerramos com uma boa exibição contra o Egito. A gente sabia que contra a Espanha seria muito difícil, até porque eles tinham a vantagem de jogar em casa. Já contra os dois europeus tínhamos condições de vencê-los e foi o que aconteceu. Agora vamos esperar o próximo adversário. O que vier nós temos que ir pra cima e buscar a vaga nas quartas de final", disse o ala Alex.

Sobre a partida desta quinta, o Brasil começou ligado e abriu 27 pontos logo no primeiro quarto. A vantagem não diminuiu o ritmo da seleção, que seguiu traduzindo sua superioridade em pontos e por isso terminou com uma vitória tao arrasadora. "A equipe respeitou o Egito e isso fez com que abríssemos uma grande diferença para a vitória tranquila", afirmou o ala Guilherme Giovannoni.