Seleção espanhola de basquete ganha o Príncipe de Asturias

Campeã Mundial de Basquete, a seleção espanhola foi premiada nesta quarta-feira com o Príncipe de Asturias do Esporte 2006, prêmio que é destinado ao grande destaque esportivo do ano. Na votação final, a Espanha recebeu 18 votos, enquanto o tenista norte-americano Andre Agassi, que encerrou a carreira no último domingo, recebeu apenas um. O Príncipe de Asturias do Esporte foi instituído em 1987 para premiar pessoas, instituições e países que se destacaram na luta do "homem para superar a si mesmo, contribuindo para a difusão e o cultivo do esporte". Para os jurados, a conquista da seleção masculina de basquete da Espanha "deve ser registrada nas páginas da história, pois foi um grande exemplo de superação perante dificuldades". A Espanha conquistou o título Mundial no último fim de semana, depois de derrotar a Grécia. Além dos espanhóis e de Agassi, outros 28 candidatos participaram do prêmio - dentre eles estavam o brasileiro Ronaldinho, o tenista espanhol Rafael Nadal, o ex-jogador alemão Franz Beckenbauer, o ex-jogador francês Zinedine Zidane e a atleta russa Yelena Ysinbayeva. Os últimos dez ganhadores do Príncipe de Asturias: 1997 - Equipe Espanhola de Maratona; 1998 - Arancha Sánchez Vicario, tenista espanhola; 1999 - Steffi Graf, tenista alemã; 2000 - Lance Armstrong, ciclista norte-americano; 2001 - Manuel Estiarte, ex-jogador de pólo aquático; 2002 - Seleção Brasileira de futebol, pentacampeã Mundial; 2003 - Volta da França de Ciclismo; 2004 - Hichamel Guerruj, atleta marroquino; 2005 - Fernando Alonso, piloto espanhol Campeão Mundial de F-1; 2006 - Seleção Espanhola de Basquete, campeã do Mundial.

Agencia Estado,

06 Setembro 2006 | 10h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.