Seleção feminina de basquete vence o Canadá em amistoso

A seleção brasileira feminina de basquete estreou com vitória na Copa Eletrobrás, que está sendo disputada em Guarulhos. Nesta quinta-feira à tarde, o time comandado por Antônio Carlos Barbosa bateu o Canadá por 87 a 59. A cestinha do jogo foi a pivô Alessandra, com 23 pontos e 14 rebotes. ?Começamos com um ritmo forte. Bobeamos um pouco no corta-luz, nos arremessos de três?, analisou Janeth, autora de 17 pontos. A ala Iziane sofreu uma pancada na coxa esquerda durante a partida. ?Não foi nada sério. Foi só uma paulistinha na coxa no choque que tive com uma jogadora do time adversário. Amanhã (sexta) já estarei normal, foi coisa de jogo mesmo?, garantiu Iziane, que saiu de quadra chorando no último quarto com compressa de gelo. O Brasil volta à quadra nesta sexta, para enfrentar a China. Preocupação Um entorse no tornozelo direito deixará a pivô Érika fora das duas primeiras partidas do Mundial Feminino de Basquete e ainda pode tirar a jogadora da competição. A previsão é que ela fique sete dias sem jogar. ?Ela deve entrar no jogo contra a Espanha (na próxima quinta-feira)?, acredita Carlos Eduardo Marques, médico da seleção. O Brasil estréia na terça-feira, às 15h15, contra a Argentina, no Ginásio do Ibirapuera. Como a lesão não foi tão séria, a jogadora de 24 anos e 1,97m, deve permanecer na equipe, de acordo com o técnico Antônio Carlos Barbosa: ?Foi só um susto. Até segunda-feira (prazo para inscrição das atletas) vou consultar o médico para saber se ela terá condições de jogar. Se ele disser que sim, ela continuará no grupo.? Érika é reserva da titular Alessandra.

Agencia Estado,

07 Setembro 2006 | 18h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.