Técnico do Spurs descarta Kawhi para Jogo 2 e critica pivô do Warriors

Ala torceu outra vez o tornozelo no terceiro período da partida do último domingo

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2017 | 15h42

O San Antonio Spurs terá novamente o desfalque de Kawhi Leonard para o Jogo 2 da final da Conferência Oeste da NBA. Depois de se ausentar da sexta partida contra o Houston Rockets, nas semifinais, e retornar no primeiro duelo com o Golden State Warriors, o ala lesionou mais uma vez o tornozelo esquerdo e, por isso, não atuará nesta terça-feira, em Oakland.

Kawhi torceu outra vez o tornozelo no terceiro período da partida do último domingo, ao subir para o arremesso e aterrissar sobre o pé do pivô Zaza Pachulia. A aproximação do georgiano diante do astro do Spurs gerou bastante polêmica e as insinuações de que o pivô teria tentado lesionar o rival de propósito ganharam força. O técnico do time texano, Gregg Popovich, entoou as críticas ao adversário.

"Os dois passos, colocando seu pé mais próximo ao adversário, não são apropriados. É perigoso, é antidesportivo. Não é algo que uma pessoa faça para um colega de profissão", considerou.

Popovich informou que Kawhi passaria por exames de imagem para determinar o grau da lesão ainda nesta segunda-feira, mas descartou a presença do jogador no Jogo 2 da série. Claramente irritado, o treinador seguiu atacando Pachulia e garantiu que trata-se de um jogador com histórico de indisciplina.

"Este indivíduo, em particular, tem uma história com este tipo de ação", afirmou. "Pense na história dele e no que ele significa para o time. É uma aproximação completamente não natural, que a liga proibiu há anos e presta muita atenção nisso. Por isso, Kawhi não estará lá."

A ausência de Kawhi a partir do terceiro quarto foi fundamental para que o Warriors buscasse a virada diante do Spurs e largasse na frente na decisão do Oeste. Após estarem perdendo por mais de 20 pontos, os donos da casa foram para cima e levaram a melhor por 113 a 111.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.