Chuck Burton/AP
Chuck Burton/AP

Veja como Jordan se tornou bilionário após 12 anos fora da quadra

Com patrimônio de R$ 2,9 bi, ele é o 1.741.º mais rico pela Forbes

O Estado de S. Paulo

04 Março 2015 | 08h28

 Michael Jordan vai completar 12 anos da aposentadoria das quadras da NBA. Mas o astro que fazia malabarismo com a bola ainda se destaca no mundo esportivo. Graças a seus contratos milionários, o ex-jogador do Chicago Bulls e Washington Wizards se tornou um mago das finanças. Com sua imagem atrelada a diversos parceiros publicitários, ele, aos 52 anos, entra na seleta galeria dos 290 novos bilionários do planeta.

Com um patrimônio estimado em US$ 1 bilhão (mais de R$ 2.9 bilhões), o ex-astro do basquete, hoje acionista do Charlotte Hornets, aparece na 1.741ª posição do ranking da revista Forbes dos mais ricos do mundo. Muito de sua fortuna vem graças aos patrocínios vitalícios que mantém com empresas de grande porte, como a Nike, Coca Cola, McDonalds, Gatorade e Chevrolet.

Um décimo, ou US$ 100 milhões (R$ 292 milhões), vem apenas no acordo com a Nike que produz produtos esportivos com a marca Air Jordan. Outra parte veio ao adquirir 80% das ações do então Charlotte Bobcats em 2010 por US$ 250 milhões (R$ 731 milhões). A equipe, que voltou a se chamar Hornets, vale hoje US$ 700 milhões (R$ 2 bilhões) e Jordan aumentou sua participação para 89%.

Só a parceria com a Nike rende ao atleta um valor maior do que os US$ 90,2 milhões que recebeu nos 20 anos de carreira na NBA. Entre seus bens aparece um jato particular e uma mansão de 28 mil metros quadrados na Flórida, com quadra de basquete e piscinas exclusivas. Conta ainda com outras duas mansões, uma em Chicago e outra em Charlotte, onde mora atualmente.

O ex-ala-armador, amante do basquete, prometeu para a comunidade de Charlotte que vai transformar a equipe "numa potência da NBA". Mas até agora, vê o time colher poucos resultados positivos nas quadras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.