Wade deixa Miami Heat a uma vitória da final da NBA

O ala-armador Dwyane Wade voltou a ser o principal destaque na vitória do Miami Heat sobre o Detroit Pistons por 89 a 78, na noite desta segunda-feira, na Flórida, no quarto jogo da decisão da Conferência Leste. Com o resultado, o Miami abriu uma vantagem de 3 a 1 na melhor-de-sete e está a apenas uma vitória da classificação para a final da NBA. O quinto jogo será em Detroit, nesta quarta-feira. Wade, com 31 pontos, 12 deles anotados no último quarto, liderou o ataque do Heat. Ele acertou 8 de 11 arremessos de quadra e 15 de 19 lances livres. Além disso, pegou seis rebotes, deu cinco assistências e roubou duas bolas. O pivô Shaquille O´Neal marcou 21 pontos e pegou nove rebotes, além de registrar um toco e uma roubada de bola. O ala Udonis Haslem também foi fundamental, com 16 pontos e cinco rebotes. "Soubemos reagir nos momentos decisivos e no último quarto tudo saiu perfeito para a nossa vitória", comentou Wade. Já O´Neal disse que sua equipe está pronta para chegar à final da NBA e deve ir a Detroit pensando somente na vitória. O´Neal, no entanto, lembrou a situação do ano passado, quando o Heat tinha uma vantagem parcial de 3 a 2 na série mas acabou perdendo para o Pistons. O treinador do Heat, Pat Riley, afirmou que sua equipe soube reagir no momento certo. "A defesa nos salvou durante os três primeiros quartos. No último, Wade brilhou, provando que quando está em quadra assume sua missão e responsabilidade de líder", avaliou. O ala Tayshaun Prince, com 15 pontos, comandou o ataque do Detroit Pistons, que voltou a ser inconsistente. "Voltamos a perder a concentração no jogo e faltou consistência nos momentos decisivos do último quarto", comentou Flip Saunders, treinador do Pistons.

Agencia Estado,

30 Maio 2006 | 01h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.