Jonathan Newton/Washington Post
Jonathan Newton/Washington Post

Warriors faz 2 a 0 e Wizards diminui vantagem do Celtics em jogo com 3 expulsões

Kelly Oubre Jr. e Kelly Olynyk protagonizaram uma das grandes confusões da noite

Estadão Conteúdo

05 Maio 2017 | 09h22

O Golden State Warriors ampliou a sua vantagem nas semifinais da Conferência Oeste para 2 a 0 e se manteve invicto nos playoffs da NBA ao superar o Utah Jazz por 115 a 104, com grandes atuações de Draymond Green e Kevin Durant na noite de quinta-feira, na Oracle Arena, em Oakland.

Green foi o dono do jogo ao converter cinco arremessos de três e anotar 21 pontos pelo Warriors antes de dar um susto com seu joelho. Kevin Durant somou 25 pontos, 11 rebotes e sete assistências, enquanto Stephen Curry acumulou 23 pontos e sete assistências pelo Warriors, que ofereceu uma asfixiante defesa para conquistar a sexta vitória em seis jogos dos playoffs nesta temporada.

  Sem o lesionado George Hill, com dores em um dedo do pé esquerdo, o Jazz viu Gordon Hayward se recuperar após um primeira partida ruim e um começo lento na noite de quinta para terminar com 33 pontos, enquanto Rudy Gobert acumulou 16 pontos e 16 rebotes antes de ser expulso por faltas técnicas. Já o brasileiro Raulzinho acumulou cinco pontos e duas assistências nos oito minutos em que atuou pelo Jazz.

O Warriors teve um início arrasador de jogo, fechando o primeiro quarto vencendo por 33 a 15. Depois, controlou o duelo e ainda que o Jazz tenha esboçado uma reação no terceiro período, não chegou a ter a sua vitória realmente ameaçada. O terceiro confronto da série está agendado para o próximo sábado em Salt Lake City.

Se o Warriors conseguiu uma vitória sem sustos, o outro jogo da noite de quinta-feira foi bem mais quente. Em um duelo com oito faltas técnicas e três expulsões, o Washington Wizards aproveitou um bom começo de jogo para superar o Boston Celtics por 116 a 89, fora de casa, diminuindo para 2 a 1 a vantagem do oponente na série pelas semifinais da Conferência Leste.

No incidente mais chamativo da tensa partida, Kelly Oubre Jr., do Wizards, foi expulso após encarar Kelly Olynyk e derrubá-lo depois de uma dura falta ofensiva - Terry Rozier e Brandon Jennings foram os outros jogadores excluídos. E as confusões até ofuscaram o fato do time de Washington ter freado Isaiah Thomas, que marcou 13 pontos, sendo sete em tiros livres, após fechar o Jogo 2 com 53.

John Wall liderou o Wizards com 24 pontos e participou de uma ofensiva de 22 a 0 no primeiro quarto, quando o seu time abriu 34 a 12. E ao contrário dos dois primeiros encontros, o time não cedeu a vantagem, limitando o Celtics a um aproveitamento de 35,1% nos arremessos de quadra.

Otto Porter marcou 19 pontos, assim como Bojan Bogdanovic, que ainda capturou dez rebotes. Já Marcin Gortat acumulou 16 rebotes e 13 pontos pelo Wizards. Al Horford foi o cestinha do Celtics com 16 pontos. O quarto jogo da série está agendado para domingo.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta sexta-feira com dois jogos: Toronto Raptors x Cleveland Cavaliers e Houston Rockets x San Antonio Spurs. O Cavaliers está em vantagem de 1 a 0, enquanto a semifinal da Conferência Oeste está empatada em 1 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.