1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Zanon minimiza após derrota da seleção de basquete

Agência Estado

27 Junho 2014 | 16h 37

Ainda sem contar com Érika e Damiris, o Brasil foi derrotado pelo Canadá por 64 a 43 em jogo disputado em Edmonton, no Canadá

A seleção brasileira feminina de basquete perdeu o primeiro dos três amistosos contra o Canadá, por 64 a 43, na noite de quinta-feira, na cidade canadense de Edmonton. Apesar da derrota, o técnico Luiz Augusto Zanon minimizou o resultado, ao lembrar que o Brasil está com um time renovado, cheio de jovens jogadoras, e ainda no começo da preparação para o Campeonato Sul-Americano.

Ainda sem jogadoras importantes como Érika e Damiris, que estão nos Estados Unidos disputando a WNBA, a seleção brasileira começou a treinar na semana passada, em São José dos Campos, no interior de São Paulo. O foco do trabalho é o Sul-Americano, que acontecerá de 14 a 18 de agosto, no Equador - a competição dará vagas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e no Torneio Pré-Olímpico, ambos em 2015.

"Fizemos um trabalho de avaliação de todas as atletas em um jogo que não visamos resultado. Tivemos um revezamento grande em quadra, dentro do que era proposto para essa fase. E as meninas jogaram muito e corresponderam com uma grande evolução. O objetivo era dar essa diferença na parte física, técnica e na estrutura tática. E todas cresceram dentro de seus desenvolvimentos pessoais", avaliou Zanon.

CBB/Divulgação
Zanon já previa uma partida difícil contra o Canadá

No amistoso, os destaques brasileiros foram a ala Patrícia Ribeiro, com nove pontos e três rebotes, e a pivô Clarissa Santos, com oito pontos e seis rebotes. A cestinha da partida, porém, foi a canadense Michelle Plouffe, com 16 pontos marcados.