Abel Braga lamenta gol sofrido nos acréscimos: 'Empate seria mais justo'

Vasco conseguiu a virada por 3 a 2 após estar vencendo por 2 a 1 em parte da segunda etapa

Estadão Conteúdo

28 Maio 2017 | 10h54

O técnico Abel Braga lamentou o gol sofrido nos acréscimos da partida na derrota do Fluminense para o Vasco por 3 a 2, sábado, no estádio São Januário, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Na opinião do treinador, o resultado mais justo seria o empate.

"Fizemos um segundo tempo bom, administrado, e não matamos o jogo. O pior é sofrer o gol da forma que sofremos, é uma pena. O mais justo seria o empate. Faltou segurar um pouco mais a bola, ter mais tranquilidade", comentou.

Depois de sair atrás do placar, o Fluminense reagiu no segundo tempo e conseguiu virar para 2 a 1. No entanto, levou dois gols, um deles no último instante da partida. Abel falou sobre a mudança tática do time, fundamental para os gols na etapa final.

"No primeiro tempo facilitamos tudo para o Vasco. Nós só lateralizamos a bola. Não tinha movimentação vertical. No segundo tempo fizemos isso e começamos a envolver o Vasco. Poderíamos até ter liquidado o jogo. Estivemos mais perto do terceiro gol do que o Vasco", analisou.

O Fluminense agora volta as atenções para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Depois de perder o jogo de ida por 3 a 1 para o Grêmio, em Porto Alegre, o time carioca tentará reverter a vantagem na próxima quarta-feira, às 19h30, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.