Nelson Perez / Fluminense FC
Nelson Perez / Fluminense FC

Abel diz que expulsão de Marlon foi decisiva para derrota do Fluminense

Cartão vermelho e gol na sequência para o time mineiro abalaram a equipe carioca, segundo o técnico

Estadão Conteúdo

13 Novembro 2017 | 09h50

O técnico Abel Braga culpou a expulsão do lateral Marlon pela derrota do Fluminense para o Cruzeiro, por 3 a 1, na noite deste domingo, em rodada do Brasileirão. Para o treinador, a exclusão mudou a história do jogo porque logo na sequência o time mineiro marcou o segundo gol - até o cartão vermelho, a partida estava empatada por 1 a 1.

+ Cruzeiro aproveita expulsão de Marlon e vira sobre o Fluminense

+ Alexandre Torres defende elenco e garante permanência de Abel Braga

"O jogo se resume até os 12 minutos do segundo tempo, quando tivemos um jogador expulso. O árbitro falou na hora, na pressão dos jogadores do Cruzeiro, que não era jogada para amarelo. Por incrível que pareça, quem falou que era lance para amarelo foi o árbitro atrás do gol", disse Abel, referindo-se ao segundo cartão que Marlon levou, por tocar a bola com a mão.

Logo no lance da cobrança de falta, gerada pelo toque de Marlon, foi que o Cruzeiro marcou seu segundo gol na partida. "Foi um gol legal. Mas o bandeira alegou para os jogadores que a falta entrou direto. De fato o gol foi legal, mas na reclamação dos jogadores, ele falou que entrou direto. Aí estão brincando, né? Para nós, o jogo teve 57 minutos, depois teve logo o outro gol e acabou a história. Fluminense foi muito bem até a expulsão."

Para Abel, o segundo gol cruzeirense abalou o time carioca. "A questão não é ter sofrido o gol, é como aconteceu o gol, depois de um problema terrível da expulsão, que o árbitro diz que não é lance para cartão. A autoridade máxima do jogo diz uma coisa e vem o auxiliar de trás do gol questionar? Ali ele estragou o jogo, ficou complicado. Não sou de reclamar de falta de jogador."

Apesar do empate, o Fluminense ficou mais longe do rebaixamento. O time chegou aos 43 pontos, próximo da meta de 45, considerada a pontuação necessária para escapar do risco de queda. O Flu é o atual 13º colocado da tabela, sete pontos acima da zona da degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.