Mailson Santana / Fluminense FC
Mailson Santana / Fluminense FC

Abel lamenta gols sofridos pelo Flu em bolas aéreas e admite 'problema sério'

Apesar disso, técnico elogiou poder de reação da equipe diante do Coritiba

Estadão Conteúdo

10 Novembro 2017 | 11h14

O técnico Abel Braga elogiou o poder de reação do Fluminense, que chegou a virar o placar no empate por 2 a 2 com o Coritiba, na noite desta quinta-feira, no Maracanã, mas lamentou o fato de que o seu time tomou dois gols em jogadas de bolas aéreas e reconheceu que este era um "problema sério" que ele já sabia que seria enfrentado pela equipe por causa da força do adversário neste tipo de lance.

+ Confira a classificação do Brasileiro Série A

"Começamos bem o jogo, depois eles subiram de produção, não conseguimos encaixar bem. No segundo tempo, voltamos bem e viramos, continuamos em cima, mas em uma outra bola parada, eles empataram. Continuamos no ataque e sofremos o 2 a 2. Tivemos alguns contra-ataques que poderiam custar caro, mas foi um resultado justo", afirmou o comandante, em entrevista coletiva, ao comentar o empate que deixou a equipe tricolor na 12ª posição do Campeonato Brasileiro, com 43 pontos.

[Já ao falar mais especificamente sobre os gols sofridos pelo Fluminense, Abel admitiu: "Sabíamos desse problema sério de bola parada, o Coritiba ganhou do Sport na Ilha do Retiro com três gols de bola parada e meu time perdeu muito em altura para uma equipe que aproveita muito bem a bola parada".

O treinador também falou sobre o alto nível de exigência do Brasileirão, no qual acredita que todas as equipes são capazes de surpreender adversários considerados mais fortes ao longo da competição.

"Não tem facilidade para ninguém, futebol brasileiro é muito difícil, estamos procurando superação em muitos momentos. Hoje (quinta-feira) foi um dia desses em que, mesmo depois do 2 a 2, continuamos insistindo, mas não podemos proporcionar para uma equipe rápida como o Coritiba um contra-ataque como a gente fez", lamentou.

Após o empate em casa, o Fluminense voltará a campo no domingo para enfrentar o Cruzeiro, às 19 horas, no Mineirão, pela 34.ª rodada do Brasileiro. Nesta partida, Abel não poderá contar com Henrique Dourado e Sornoza, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, recebido no confronto com o Coritiba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.