1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Adaptado, Walter prevê segundo semestre melhor no Flu

Agência Estado

07 Julho 2014 | 17h 17

O primeiro confronto do Fluminense na volta do Brasileirão será contra o Criciúma em Santa Catarina, no dia 16 de julho

Depois de uma temporada de destaque pelo Goiás em 2013, o atacante Walter convenceu o Fluminense a contratá-lo junto ao Porto no início deste ano. No primeiro semestre com a equipe carioca, o jogador foi, na maior parte do tempo, reserva de Rafael Sóbis e Fred, mas respondeu bem quando escalado. Agora, mais adaptado e melhor fisicamente, espera fazer uma segunda metade do ano ainda melhor.

O Fluminense está em sua terceira semana de treinos após a pausa nas competições por conta da disputa da Copa do Mundo. Walter destaca a importância deste período para que a equipe tenha um bom desempenho até o fim do ano, uma vez que, a partir de agora, as partidas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil vão se acumular e não vai haver muito tempo para treinos.

"Esse período sem jogos é bom porque nos dá tempo para trabalhar. Depois não haverá intervalos, serão mais seis meses e precisaremos de foco, pois teremos meses com até nove jogos e será muito puxado. O time precisa de todos os jogadores e não somente de 11, mas o grupo está muito forte", avaliou ele.

Nelson Perez/Fluminense/Divulgação
Walter conseguiu melhorar a sua forma física em relação ao ano de 20013

O atacante admitiu que teve algumas dificuldades no início de sua adaptação ao Rio, mas afirma já estar completamente à vontade. "É difícil chegar aqui e passar a jogar em um time grande. Me senti perdido no início, mas agora estou em casa. Volto após esta parada com uma confiança muito grande. O grupo já me conhece, a torcida também e estou mais seguro para render ainda mais no segundo semestre", afirmou Walter.

O próximo compromisso do Fluminense esta marcado para o dia 16 de julho, contra o Criciúma, em Santa Catarina, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe quer a vitória para avançar na disputa pelo título, já que, após as nove primeiras rodadas, se encontra na vice-liderança, com 16 pontos, três a menos que o líder Cruzeiro.