Divulgação
Divulgação

Aguirre minimiza atuação modesta em vitória magra do Inter

Nesta quarta, equipe derrotou o Avenida pelo placar mínimo

Estadão Conteúdo

26 Março 2015 | 09h33

O Internacional cumpriu o seu dever de casa ao vencer o Avenida por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho, mas o placar magro e a atuação modesta voltaram a evidenciar as limitações e os problemas do time colorado. Após o triunfo, porém, o técnico Diego Aguirre e os jogadores da equipe enalteceram que o mais importante foi sair de campo com uma vitória.

O resultado fez o Inter fechar a quarta-feira na vice-liderança da competição estadual, com 25 pontos, um atrás do Grêmio, que disputou um jogo a mais do que o seu arquirrival e chegou aos 26 pontos ao bater o Novo Hamburgo por 1 a 0, fora de casa.

"Me agrada ganhar os jogos. Sempre. De qualquer jeito. Os três pontos me agradam. Temos mais alguns jogos para o que importa, que são as finais do Gaúcho e busca pela classificação na Libertadores. Temos que aproveitar esse tempo para que o time continue evoluindo", ressaltou Aguirre, que mesmo com o triunfo segue pressionado e contestado no comando do time.

O atacante Eduardo Sasha foi outro a lembrar que a atuação desta quarta ficou em segundo plano se for levado em conta o fato de que o Inter poderá assumir o topo isolado do Gaúcho já nesta quarta-feira, diante do Ypiranga, novamente no Beira-Rio. "Mais três pontos dentro de casa. Deixamos a desejar um pouco no segundo tempo, mas vamos tentar corrigir os problemas", analisou Sasha. "O importante é a vitória. Somamos mais três importantes pontos", completou o zagueiro Ernando.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.