Aílton ameaça deixar o Werder Bremen

Inconformado com a possibilidade de ser colocado no banco de reservas, o atacante brasileiro Aílton ameaça abandonar o Werder Bremen se não for escalado para a partida com o Hamburgo, neste final de semana, pela segunda rodada do Campeonato Alemão da primeira divisão. O atacante - que teve passagens pelo Inter-RS e Guarani - foi muito criticado pelo técnico Thomas Schaaf depois de sua atuação na partida de estréia da temporada, quando o Bremen foi derrotado por 3 a 0 pelo Arminia Bielefeld. ?Se ele me deixar no banco, eu vou procurar outro clube?, disse ele, em entrevista a uma emissora de rádio, nesta sexta-feira.

Agencia Estado,

16 Agosto 2002 | 12h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.