Alemães batem recorde para ver a seleção de Klinsmann

Um dia depois do empate suado diante do Japão de Zico por 2 a 2, em Leverkusen, 42.200 torcedores bateram o recorde de público em treinos abertos da seleção da Alemanha e prestigiaram os comandados de Jürgen Klinsmann nesta terça-feira, em Düsseldorf, na LTU Arena. "Estamos realmente impressionados com a empolgação dos fäs. Este apoio vai fazer muito bem para a equipe, principalmente durante a Copa", revelou ainda no estádio o diretor da seleção, o ex-atacante Oliver Bierhoff. Os jogadores alemães fizeram um treino leve, um coletivo dois toques e treinaram finalizações contra os goleiros Oliver Kahn e Timo Hildebrand. Ao final do coletivo, os atletas distribuíram 500 bolas de um dos patrocinadores da seleção para a torcida. "Esta é uma atmosfera inacreditável, que nos dá uma motivação enorme. O que vivemos aqui hoje é único", declarou no estádio o meia Michael Ballack, capitão da equipe. Klinsmann prometeu devolver o apoio dado pela torcida. "Estamos muito contentes em perceber que as pessoas já estão na ´febre´ do Mundial. É muito bom ver tantos torcedores apoiando nossa jovem seleção. Queremos retribuir esta confiança na Copa", afirmou o treinador. Este foi o último treino aberto antes da Copa. A Alemanha joga ainda mais um amistoso, nesta sexta-feira, contra a Colômbia, em Mönchengladbach, e depois embarca na segunda-feira em definitivo para Berlim, onde ficará concentrada no Castelo Grunewald.

Agencia Estado,

31 Maio 2006 | 16h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.