Alemanha começa torneio nesta sexta

A Alemanha inicia amanhã o campeonato da série A com o mais forte sotaque brasileiro em 40 anos de existência. A legião de atletas importados do país pentacampeão do mundo cresceu nos últimos meses e chega a 26. O restante da América Latina entra com 10 representantes. As maiores colônias estão no Borussia Dortmund e no Hertha Berlin, as equipes que abrem a Bundesliga, com o jogo antecipado para esta sexta-feira à noite. O Dortmund, vencedor da temporada de 2001-02, manteve Amoroso (artilheiro, com 18 gols, mas afastado por contusão), Dedê, Ewerthon e Evanílson. O Hertha tinha Alex Alves e Marcelinho Paraíba e ainda levou Luizão e o zagueiro Nenê. O Bayer Leverkusen vem em seguida, com Lúcio, Juan e França (contundido), depois de ter cedido Zé Roberto para o Bayern de Munique, que manteve o goleador Elber. O Energie também tem três (Da Silva, Franklin e Brasília). Os outros clubes com sotaque verde e amarelo em seus elencos são Kaiserslautern (Lincoln e Ratinho), Werder (Ailton), Stuttgart (Bordon), Munique 1860 (Rodrigo Costa), Wolfsburg (Robson Ponte), Borussia Moenchengladbach (Marcelo), Nurenberg (Júnior, Cacau) e Arminia (Márcio Borges). O torneio dos vice-campeões do mundo dá a largada também sob forte contenção. A queda no patrocínio das tevês e nos anunciantes fez com que os clubes optassem por política de investimento modesta, tanto em contratações como em salários.

Agencia Estado,

08 Agosto 2002 | 18h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.