Alemanha massacra time amador em primeiro jogo-treino

Em sua primeira partida de preparação com o grupo definido para a Copa do Mundo, que começa daqui a 24 dias, a Alemanha do técnico Jürgen Klinsmann näo deu chances para o frágil adversário, o FSV Luckenwalde, e goleou a equipe por 7 a 0 em partida disputada em Mannheim. A seleção entrou em campo um dia após muita polêmica na imprensa alemã por causa da convocação de David Odonkor, de 22 anos, que nunca atuou pela seleção principal e está sendo chamado de ?O Ben Johnson de Klinsmann? pelo jornal alemão de Munique, o Süddeutsche Zeitung. A equipe nacional começou o jogo insegura, com dificuldade para entrar na defesa do Luckenwalde. Mas o bloqueio virou água aos 15 minutos quando Asamoah, em passe milimétrico de Frings, abriu o marcador com um chute cruzado, sem chance para o goleiro. Dois minutos depois, Schweinsteiger recebeu outro passe preciso de Frings e fez o segundo da equipe nacional. O terceiro foi um golaço de Hitzlsperger, que da entrada da área tocou por cobertura. Neuville fechou o placar da primeira parte para a seleção anfitriã da Copa aos 40 minutos. O jogo-treino foi provavelmente a última participação de Oliver Kahn no gol da seleção nacional. O goleiro do Bayern de Munique atuou nesta terça-feira porque Jens Lehmann, o titular de Klinsmann, joga amanhã pelo Arsenal na esperada decisão da Liga dos Campeões contra o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho, em Paris. No segundo tempo, um lance curioso quase criou um problema grave para Klinsmann. Odonkor, que entrou na etapa final, recuou para ajudar a defesa e quase marcou um gol contra. Na tentativa de atrasar a bola para Timo Hildebrand, que entrou no lugar de Kahn, o atacante do Borussia Dortmund não viu a posição do goleiro e chutou forte contra seu próprio gol. A sorte, para a seleção e para Klinsmann, é que Hildebrand estava atento e evitou o que seria o primeiro gol de Odonkor pela equipe nacional, contra. Após o erro, o atacante mostrou o que o técnico queria: com sua velocidade deixou vários atacantes na cara do gol. Num dos cruzamentos, Klose fez o sexto. Borowski marcou o quinto, de pênalti, e Mike Hanke completou o placar. A nota negativa do jogo foi a contusão de Philip Lahm no braço. No fim, Odonkor disse que estava satisfeito com sua atuação. ?Acho que correspondi ao que o técnico imaginava. Tive muita diversão aqui?. Sobre a polêmica em torno de sua convocação, Odonkor foi político. ?Ele observou os jovens talentos e acho que estava sendo observado também. Ele é uma pessoa muito amigável e fiquei contente em falar com ele?, completou o atacante, explicando seu primeiro encontro com Klinsmann, antes do jogo. A seleção alemã parte nesta quarta-feira para cinco dias na Sardenha, no Mediterrâneo, como parte de um programa de recuperação física, e depois embarca domingo para Genebra, onde fica lá até o dia 30 deste mês.

Agencia Estado,

16 Maio 2006 | 14h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.